26.1.13

primeiro fragmento



Olá Monologers!


No meu primeiro post (podem consultá-lo aqui) referi algumas das coisas que iria fazer no blog, e uma das coisas que mencionei foram as entrevistas. Estive a pensar e achei melhor não chamar “entrevista” porque parece-me ser muito formal, toda bem estruturada e para completar existe também o facto de eu não pescar nada sobre esse assunto e quando se trata deste tipo formalidades então, não vale a pena contar comigo, a não ser que escreva um guião e represente. Como é algo muito INformal, eu resolvi chamá-lo “fragmentos” porque serão apenas pedaços da história de alguém que estará sentado comigo a conversar e a partilhar alguns dos seus momentos marcantes, se posso assim chamá-los.


Os utensílios que farão parte desta conversa serão o meu telemóvel, para gravar a voz, e uma máquina fotográfica para registar algumas fotografias. O sítio de cada conversa será à escolha da pessoa que partilhará um pouco da sua vida/experiências connosco.


Já me perguntaram o porquê de não querer filmar as conversas até porque seria mais fácil. Eu resolvi não filmar porque quando fiz o blog fiz com intuito de aprender em vários níveis, dois deles é melhorar os meus hábitos de leitura e melhorar a escrita porque sei que são pontos muito importantes para um ser humano. E penso que ao lerem, para além de voltarmos a um tipo de “entrevista” pouco usado, estarei de certa forma a motivar-vos para a leitura, não custa nada tentar! 


Monologers, o que também vos queria dizer é que hoje tive a minha primeira conversa e que apesar de estar um pouco nervosa por não saber bem o resultado que iria dar, deixei-me levar e a meu ver até correu bem, e fiquei a conhecer um pouco mais o trabalho de… Durante a semana, quando tiver tudo pronto eu publico a entrevista, até lá fiquem com um pequeno ponto de interrogação! 
Deixo aqui uma fotografia, ou seja, uma pista…

   

”Descobre a tua arte, é tão bom quando algo responde aos teus gritos.” CirilaBossuet.

Com um beijinho repleto de Arte, Cirila Bossuet.


Monologers Hello!
In my first post (can refer to it here) I mentioned some of the things that would make the blog, and one of the things I mentioned are the interviews. I've been thinking and I thought it best not to draw "interview" because it seems to me to be very formal, well-structured and all to complete there is also the fact that I did not catch anything about it and when it comes to this type formalities so not worth it tell me, unless you write a script and act out. How is something very informal, I decided to call it "fragments" because it will only pieces of the story of someone who will be sitting with me chatting and sharing some of its moments, if I may so call them.The tools that will be part of this conversation will be my mobile phone to record the voice, and a camera to record some photographs. The place of each conversation will be the choice of the person who will share a bit of your life / experiences with us.I've been asked why we do not want to shoot the talks because it would be easier. I decided not to shoot because when I did the blog with the intention of learning on several levels, two of them is to improve my reading habits and improve writing because I know they are very important points for a human being. And I think when they read, as well as return to a kind of "interview"lightly used, I'll be sure to motivate you to read, it costs nothing to try!
Monologers, what I also wanted to say is that today I had my first conversation and that despite being a little nervous not knowing well that the result would give, let me bring up my mind and went well, and I got to know a little more work ... During the week, when you have everything ready I put the conversation, there remain a small question mark!I leave here a photograph, a track ...
(
Picture is on top) 

"Discover your art, it's so nice when something responds to your screams." CirilaBossuet. 
With a kiss full of Art, Cirila Bossuet.