17.2.13

harry edward catarina

Olá Monologers!


Ontem fui finalmente assistir à peça encenada por Nuno Vicente, “Harry Edward Catarina”.

Apesar de eu não assistir a todas as peças que estão em exibição, eu penso que esta aborda um assunto muito delicado, um assunto que é raro de se ver e que é preciso que se veja. A nossa sociedade precisa das chamadas “outras realidades”, a homossexualidade. 

A história torna-se “vizinha” de quem vive ou conhece Sintra (S.Pedro). Em vários momentos devido às informações que estavam a ser ditas pela personagem, imaginei vários lugares correspondentes à forma como as personagens Harry e Edward se conheceram e foi por vezes como ler um livro, lemos e imaginamos. Como referi no post que anunciei que iria ver a peça, podem vê-lo aqui, eu conheço um pouco o Nuno Vicente e apesar de este ser o primeiro trabalho que vejo da Utopia Teatro, os detalhes da peça, o cenário, o texto, fez-me lembrar o Nuno porque senti que existe muito a sua forma de pensar na peça.


Apesar de tudo, achei que a peça poderia tornar-se mais “profunda”, porque senti que personagem Catarina poderia dar-se a conhecer melhor, senti que existe um grande mistério nas três personagens que deveria ser desvendado. A peça deixou-me com vontade de entrar em palco e começar a fazer perguntas tais como: Porquê?/Porquê?/Porquê? A criatividade do Nuno em relação ao cenário fez-me muito bem, é muito bom quando nos deliciamos com a criatividade dos outros, faz-nos “alargar” as nossas ideias, é tão bom! Eu não tive oportunidade para falar com os atores porque tive que voltar para casa de transportes e seria muito tarde, eu gostaria de saber como é que foi o seu processo, a forma como se entregaram na peça, a opinião deles e etc. Tive a oportunidade de estar com o Nuno Vicente depois da peça e foi “estranho” quando o vi porque queria dizer muitas coisas e bloqueei, não o disse, enfim… (Um dia, ainda o vou convencer a sentar-se comigo e falar um pouco desta peça!)


É estranho porque existe tanto para dizer sobre esta peça, acho que ainda estou naquela fase em que “estou a processar…”. Bem, gostaria tanto de saber opiniões de outras pessoas em relação à peça, quem quiser pode deixar um comentário se tiver conta gmail e quem quiser e não tiver conta gmail pode enviar-me um e-mail com a opinião que eu depois publico, se me for permitido, aqui no Blog - cirilabossuet@hotmail.com
Já coloquei o panfleto na minha parede de memórias, podem vê-la aqui. | I have already put the flyer on my wall of memories, can see it here.
Miguel Moisés, eu, Flávia Lopes e o encenador Nuno Vicente. | Miguel Moisés, I, Flávia Lopes and director Nuno Vincente.
Miguel Moisés, eu, Flávia Lopes, o encenador Nuno Vicente e por baixo o António Bartolomeu. | Miguel Moisés, I, Flávia Lopes, director Nuno Vincente and beneath the António Bartolomeu.
A peça ficará em exibição até hoje na Casa de Teatro de Sintra às 21H30 e depois seguirá para Lisboa! Toda a informação no site da Utopia Teatro, consultem!

Monologers, eu sei que é em cima da hora mas hoje às 17Horas, em S.Pedro de Sintra, na Sociedade Filarmónica do Aliados, o meu grupo de teatro Aqui há bicho irá fazer uma pequena performance sobre nada mais, nada menos do que a Vida, quem puder dar um saltinho para espreitar será bem vindo!
"Estrangeiro. Impróprio. Curioso. Desconhecido. Singular. Anormal. Livre. É assim que caracterizamos o diferente que não é tão diferente o quanto pensamos."CirilaBossuet
Com um beijinho repleto de Arte, Cirila Bossuet.

Name of the post:harry edward catarina
Monologers, Hello!
Yesterday I finally see the play staged by Nuno Vicente, "Harry Edward Catarina."
Although I did not attend all the pieces that are on display, I think this addresses a very delicate subject, a subject that is rare to see, and it takes you to see. Our society needs the so-called "other realities" homosexuality.

The story becomes "neighbor" who lives or knows Sintra (St. Pedro). At various times due to information that was being spoken by the character, I imagined various places corresponding to how the characters Harry and Edward met and was sometimes like reading a book, we read and think.
As I mentioned in the post I announced that it would see the play, can see it here, I know a little Nuno Vicente and although this is the first work I see the Utopia Theater, the details of the play, the stage, the text, reminded me Nuno because I felt that there is much to his way of thinking on the part.
  

After all, I thought the piece could become more "profound" because I felt that character Catherine could make themselves know better, I felt that there is a great mystery in the three characters that should be stripped. The play left me wanting to get on stage and start asking questions such as: Why? / Why? / Why? The creativity of Nuno in the scenario made me very, very good when we enjoy the creativity of others, makes us "extend" our ideas, it's so good! I have not had chance to speak with actors because I had to go home and transport would be too late, I would like to know how was your process, how surrendered in part, to their opinion and so on. I had the opportunity to be with Nuno Vicente and after the play was "weird" when I saw it because it meant many things and blocked, not told, anyway ... (One day, I'll still convince me to sit and talk this little piece!)
It's strange because there is so much to say about this piece, I think I'm still at that stage where "I'm suing ...". Well, I would both know other people's opinions about the piece, whoever wants can leave a comment if you have gmail account and who want and not have gmail account can send me an email with the opinion which I then publish if I may, here on the Blog - cirilabossuet@hotmail.com
(images are on top) 
The piece will be on display today at the Casa de Teatro de Sintra at 21:30 and then will go to Lisbon! All information on the website of Utopia Theatre, consult!
Monologers, I know it's short notice but today at 17Horas in S.Pedro of Sintra, the Philharmonic Society of Allies, my theater group "Aqui há bicho" will do a little performance on nothing more or less than the Life, who can give a little jump are welcome to peek!
"Foreigner. Inappropriate. Curious. Unknown. Singular. Freak. Free. It is so different that the feature is not so different from how we think."CirilaBossuet 
With a kiss full os Art, Cirila Bossuet,