8.7.13

um 12º interminável com a brisa de lisboa.

Olá Monologers!

     Finalmente consegui ter um tempinho para escrever no blog! Gosto tanto de escrever e de partilhar tudo aquilo que faço, mas tem sido impossível! Já aconteceu tanta coisa que eu gostaria que todos vocês soubessem, mas acontece tudo ao mesmo tempo, é impossível ter disponibilidade para outras coisas.´

     Bem, vou então dizer algumas coisas que aconteceram:
- Escrevi, encenei e interpretei a minha PAP (Prova de Aptidão Profissional);
- Fiz o Exame Nacional de Português;
- Fiz animações com a instituição Lua Singular;
- Já fiz a estreia da peça “Conspiração no Palácio” (Nem sequer consegui falar desta peça!);
- Fui até a Évora fazer as provas para entrar para faculdade;
- Hoje entreguei quase 70 páginas escritas acerca da parte teórica da minha PAP;
- Etc, etc, etc, etc, etc…
(Ah, e perdi o carregador da minha máquina, ou seja, para conseguir tirar fotos tenho que pedir uma emprestada!)

     Agora é que eu estou a ver, podia ter feitos mil posts e não consegui! Mas pronto, o que passou ficou para trás e de certeza que vou voltar a falar de cada acontecimento, quero fiquem a par de tudo!

     Hoje após a entrega da parte escrita da PAP  fui até Lisboa, que saudades da minha cidade, sinto-me sempre tão bem quando lá estou! Adoro refletir, colocar as ideias no lugar, traçar novos objetivos, passear, apanhar ar, observar a alegria e o entusiasmo dos turistas… É tão bom! O mais estranho é que não consigo desligar em momento algum do Teatro, sempre que tento imaginar um futuro positivo, o teatro é o que mais se destaca… E aqui fica a pergunta que está muitas vezes presente na minha cabeça : “Porquê que o teatro é tão complicado e tão simples ao mesmo tempo?


E com estas três únicas fotografias que consegui tirar, digo-vos que vou tentar escrever com mais frequência e que tenho alguns posts engraçados em mente. Por fim, aproveito para dizer que seja qual for o teu ou o meu objetivo, que devemos continuar e trabalhar, a caminhar, temos um longo caminho pela frente!
Com um beijinho repleto de Arte, Cirila Bossuet. 

Name of the post: a 12th ending with the breeze of Lisbon.
Monologers, Hello!
      Finally got to have a little time to write the blog! I like both to write and to share everything I do, but it has been impossible! It's happened so much I'd like you all to know, but it happens all at the same time, it is impossible to have availability for other things.
     Well, then I'll say a few things that happened:
- I wrote, staged and played my PAP (Professional Aptitude Test)
- I did the Portuguese National Test
- I made animations with the institution Moon Singular
- I've done the premiere of "Conspiracy in the Palace" (I could not even talk about this piece!)
- I went to the Evora taking exams to go to college
- Today delivered almost 70 pages written about the theoretical part of my PAP
- Etc, etc, etc, etc, etc ...
(Oh, and I lost the charger from my machine, so I can take pictures to order a borrowed!)
     Now that I'm seeing, I could have made ​​a thousand posts and could not! But well, which has lagged behind and sure I'll go back to talking about each event, I become to know everything!
      Today after delivery of the written part of the PAP went to Lisbon, I miss my city, I always feel so good when I'm there! I love to reflect, to put ideas in place, set new goals, a walk, get some air, watching the joy and entusiamos tourists ... It's so good! The strange thing is that I can not and off at any time of the theater, whenever I try to imagine a positive future, the theater is what stands out the most ... And here is the question that is often present in my head: "Why that theater is so complicated and simple at the same time?"
(The pictures are up)
And this with only  three pictures I could take, I tell you that I will try to write more frequently and I have some funny posts in mind. Finally, take this opportunity to say that whatever your or my goal, and that we must continue to work, to walk, we have a long road ahead!
With a kiss full of Art, Cirila Bossuet.